Crescimento da Cristofobia e a Neo Perseguição

CRESCIMENTO DA CRISTOFOBIA E A NEO PERSEGUIÇÃO

Uma visão do cenário político-cristão brasileiro do século XXI

Cristofobia2Então eles os entregarão para serem perseguidos e condenados à morte, e vocês serão odiados por todas as nações por minha causa. Mateus 24.9

Atualmente no mundo existem dois tipos de perseguição aos cristãos: perseguição física (países comunistas e islâmicos, outros), e cultural (no ocidente), por meio de leis que obrigam o cristão a agir contra seus valores morais e consciência religiosa. Esta técnica não é recente. Foi utilizada na Revolução Francesa quando a Igreja foi obrigada a prestar fidelidade ao Estado. É o tipo de perseguição um a um, que isola as pessoas e as deixa indefesa contra o governo.

Existe um processo claro de extinção da religião cristã e a implantação de um novo paradigma de fé. Uma religião sem dogmas (princípios fundamentais que devem ser respeitados), relativista, pluralista, e que utiliza palavras-chave (slogans) como; PAZ, FRATERNIDADE, AMOR, SOLIDARIEDADE, JUSTIÇA, ECOLOGIA. Uma religião que não tem uma agenda moral judaico-cristã, mas que usa palavras que falam com eficácia ao homem moderno (bondade sem compromisso).

Perseguição aos CristãosEm um primeiro estágio, até o o século XIX na Era Liberal, as pessoas falavam mal da Igreja, mas o cristianismo ainda estava infiltrado na estrutura social (educação, valores sociais, morais, comportamentais). Em um segundo momento, mais recentemente (início do século XX), começou um esforço na esfera intelectual para repudiar totalmente o cristianismo.

Agora estamos vivendo uma terceira etapa. Estes ativistas passaram para o terreno das ações práticas por meio de duas vertentes. Em primeiro lugar através da matança geral de cristãos; atualmente morrem cerca de 150.000 cristãos católicos e protestantes anualmente no mundo por motivos de perseguição religiosa. De acordo com declaração da Primeira Ministra da Alemanha, Angela Merkel, a comunidade mais perseguida no mundo é a cristã. Nenhum grupo étnico ou ideológico tem 150.000 mortos por ano e seus perseguidores permanecendo impunes.

A outra expressão desta perseguição é o Genocídio Cultural que vemos atualmente no Ocidente. É a tentativa de destruir a influência cristã generalizada na vida pública. O objetivo desta Neo perseguição é criar um sistema semelhante ao que existe no Irã; a pessoa pode ser cristã em sua casa, mas sem manifestações públicas da fé ou proselitismo. Este projeto está em franco andamento.

arameHistoricamente, o genocídio cultural sempre foi um preparativo para o genocídio físico. No ataque cultural quebra-se a espinha dorsal da comunidade (seus valores, crenças, espírito de unidade, economia). Como ações articuladas deste movimento temos a luta pela legalização do aborto, o reconhecimento do casamento homossexual, a estatização da educação dos filhos, a proibição da manifestação cristã pública, a ridicularização dos valores cristãos pelos veículos de comunicação, a destruição da família no modelo tradicional e a total dependência do indivíduo das ações do Estado. Estes não são eventos isolados, mas ações multi direcionais que convergem em um único objetivo; a implantação de um novo paradigma social sem valores bíblicos.

Como instrumento de justificação ideológica dizem que as religiões abraâmicas são violentas (cristianismo, islamismo, judaísmo), porque acreditam ser os portadores da verdade e que, em última instância, possuem valores intocáveis que impediriam a implantação de uma sociedade, segundo eles, mais justa, igualitária e que respeita os direitos humanos. A resposta para necessidade de crença do ser humano seria uma Nova Era de Fé (ecumenismo), na qual o melhor de cada religião histórica encontraria o seu espaço.

Outro foco ideológico está no Neomarxismo (ideologia comunista de Karl Marx com uma nova roupagem). Para os marxistas, o comunismo é o estado final da sociedade revolucionária, alcançada depois de passar pelo socialismo e pela ditadura do proletariado. Segundo Marx seria necessário muito mais que destruir o capitalismo; seria fundamental destruir todas as religiões que, segundo ele, trazem uma “felicidade ilusória”. Marx afirmava que com a extinção da religião (da fé e da existência de Deus que habita a mente das pessoas) o ser humano faria um retorno a uma felicidade mais real. Abandonar DEUS era condição para se chegar a esta felicidade. Esta é a luta político-ideológica de países como Coréia do Norte, China e Laos.

CasamentoNesta milícia em países historicamente cristãos, os engenheiros sociais desta Nova Ordem Mundial sabem que existem três pilares do cristianismo que são inegociáveis. Se caírem estes pilares, cai a influência social deste. Os pilares bíblico-culturais são os seguintes:

  • A não aceitação da manipulação da vida em todas as suas fases desde a concepção até a morte; não temos direito de tirar a vida e de manipulá-la (aborto, eutanásia).
  • Reconhecimento da estrutura natural da família e da união estável entre uma pessoa do sexo masculino e feminino; reprovação do casamento homossexual, famílias alternativas, companherato, bigamia, outros.
  • Manutenção do direito dos pais de educar seus filhos: os pais devem ter liberdade para educar os filhos, dentro de seus próprios valores, e não ter que se submeter ao Estado com suas diretrizes.

Por esta perspectiva compreendemos a importância histórica do momento que o nosso país, o Brasil, está vivendo. Em um mundo quase totalmente cercado por uma construção legislativa que em poucos anos terá o poder de silenciar o cristianismo (fato que já começamos a constatar na Europa Pós-cristã e nos Estados Unidos) a liberdade religiosa e de expressão no Brasil pode consistir em um dos últimos redutos da IGREJA para a próxima geração. Nosso país pode ser o único celeiro neste mundo que está submergindo por completo na Neo Perseguição à Igreja. Ainda há esperanças! A legislação nacional e internacional ainda fornece mecanismos para evitar este genocídio cultural. O povo de Deus não pode silenciar-se!

Pela visão escatológica Amilenista os dias de sofrimento que precedem a volta definitiva de Jesus estão mais próximos que nunca. Para a visão Pré-milenista, o arrebatamento é iminente. Mas em ambas as visões somos chamados para ser Luz no Mundo em Trevas! Se perseguiram nosso Mestre, perseguirão a nós também. É momento da Igreja abrir os olhos e investir no que realmente é importante. Não em palha que queimará, não em discussões vazias ou em estruturas mortas, mas em vidas que serão salvas pela fé no Nome de Jesus!

OraçãoVamos orar por nossos líderes, pastores, missionários e ativistas cristãos que estão pagando um alto preço para manterem-se fortes e posicionados nesta batalha espiritual de proporções épicas, nas igrejas locais, nas cidades, no interior, em Brasília e em todo Brasil, para não cairmos em uma ditadura Neomarxista e anticristã que se configura mais clara que nunca no cenário de nossa nação!

Julguem os senhores se é justo aos olhos de Deus obedecer aos senhores e não a Deus. Pois não podemos deixar de falar do que vimos e ouvimos! Atos 4.19-20

Anúncios

Sobre renewedpresbyterian

renewed presbyterian church of japan in anjo city aichi province
Esse post foi publicado em Mensagens, Studies, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s